fbpx

Fisioterapia para Gestantes

A gravidez é um período em que ocorrem intensas modificações no corpo, que são necessárias para as necessidades metabólicas do feto e da mãe. A Fisioterapia para Gestantes, vem para facilitar a vida da mulher nessa fase, para que não sofra as consequências dessas mudanças, prevenindo incômodos e disfunções.

Dor na coluna? No quadril? Cansaço? Câimbras?

Porque sinto dor ou posso ter lesões facilmente?

As articulações e os músculos passam por adaptações para compensar o crescimento do abdome e manter a postura da mulher grávida. Os ligamentos e músculos ficam mais “frouxos” devido à ação de hormônios específicos. O crescimento do abdome causa o aumento das curvaturas da coluna e enfraquecimento dos músculos abdominais.

Esse conjunto de mudanças poderá causar desconfortos durante a gestação, principalmente a dor na região lombar da coluna, que podem ser prevenidos ou aliviados pela Fisioterapia.

Mulher grávida numa sessão de fisioterapia

Depois da gestação, essas dores e limitações podem persistir durante a maternidade, quando surge a sobrecarga das atividades relacionadas aos cuidados com o bebê, e  corpo deve estar preparado para esse desafio.

O que a Fisioterapia para Gestantes propicia?

Exercícios posturais, de relaxamento, alongamento, exercícios respiratórios, para consciência corporal, para correção da postura durante atividades diárias, obtenção de força e melhora da função muscular, e massagem relaxante ajudam a gestante a viver de forma mais saudável e tranquila, e a se preparar para as atividades da maternidade.

Gestante em sessão de fisioterapia fazendo exercício na bola de pilates

Esses exercícios também auxiliam no alívio de queixas comuns como câimbras, inchaço e falta de ar, além de ajudar na preparação para o parto.

A avaliação fisioterapêutica e os exercícios podem ser realizados desde o início da gestação ou quando o médico obstetra liberar, e seguidos até o final da gravidez. Os exercícios são orientados de forma personalizada, de acordo com as necessidades de cada mulher e com a evolução da gravidez. O ideal é que as mulheres façam os exercícios mesmo na ausência de dores, como forma de prevenção e bem-estar.

Espirrei e escapou xixi, e agora?

Mulher espirra e faz xixi devido à incontinência urinária de esforço

Vou ao banheiro toda hora, não consigo segurar

Esses sintomas acontecem com muitas gestantes, mesmo que nunca tivesse ocorrido perda de urina antes da gestação. As idas ao banheiro para urinar também se tornam mais frequentes, e isso acontece devido ao crescimento do útero que comprime a bexiga.

Em razão do crescimento do útero e do aumento da pressão do abdome, os músculos do assoalho pélvico ficam sobrecarregados e susceptíveis às alterações em seu desempenho, o que pode levar à perda de urina durante e após a gestação.

Os músculos do assoalho pélvico estão localizados bem abaixo do corpo, eles circundam a uretra, a vagina e o ânus, e sustentam os órgãos pélvicos (bexiga, útero e reto) no lugar. Assim, são responsáveis pela continência urinária e fecal, e contribuem para uma atividade sexual prazerosa.

Desenho dos músculos do baixo ventre feminino
Visão superior do sistema músculo esquelético do assoalho pélvico da mulher

Dessa forma, o fisioterapeuta deve trabalhar o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico, que  devem ser avaliados independente do parto ser normal ou cesária, para evitar ou tratar a incontinência urinária.

Para o parto normal, os músculos do assoalho pélvico devem ser alongados, para evitar a necessidade de episiotomia ou a ocorrência de uma grande laceração muscular.

A Fisioterapia também ajuda a gestante a desenvolver habilidades que serão necessárias no momento do parto normal, promovendo o alívio da dor e boa evolução do trabalho de parto, contribuindo no empoderamento feminino, na participação ativa da mulher no parto, de forma respeitosa e cuidadosa.

Atenção: só o fato de estar grávida já contribui para o enfraquecimento dos músculos perineais, pois há uma sobrecarga para estes músculos. Então, independentemente do parto ser cesária ou normal, o fortalecimento dos músculos perineais deve ser realizado por todas as gestantes. Vamos começar?

Estamos te esperando para te atender com todo o carinho e atenção que você merece. Obrigada!

Leia também sobre drenagem linfática e massagem relaxante e acupuntura na gestação